ACESSIBILIDADE -A +A Cadastre-se | Ir para a busca

| Modo Escuro

Página oficial de Informação das ações de Vigilância da COVID-19 no município

Vacinômetro

Atualizado em 11/05/2022 13:55

Doses recebidas

4423

Doses aplicadas

3228

1ª Dose - Aplicadas

1539

% da População Vacinada - 1ª Dose

67,47

2ª Dose - Aplicadas

1245

% da População Vacinada - 2ª Dose

56,33

3ª Dose - Aplicadas

404

% da População Vacinada - 3ª Dose

9,12

Dose Única - Aplicadas

40

% da População Vacinada - Dose Única

1,73%

Crianças de 05 a 11 anos - 1ª Dose - Aplicadas

0

% Crianças de 05 a 11 anos - 1ª Dose

0

Crianças de 05 a 11 anos - 2ª Dose - Aplicadas

0

% Crianças de 05 a 11 anos - 2ª Dose

0

Grupo Prioritário 1ª Dose 2ª Dose Data de Atualização
Profissionais da Saúde 61 56 26/11/2021
Profissionais da Educação 69 69 26/11/2021
Idosos acima de 80 anos 41 41 26/11/2021
Idosos de 70 a 79 anos 73 71 26/11/2021
Idosos de 50 a 59 anos 203 176 26/11/2021
Boletim COVID

Boletim do dia 11/05/2022

Tipos de Casos Quantidade
Casos ativos 010
Casos confirmados 311
Casos descartados 534
Casos recuperados 301
Óbitos 003
Emitido às 07:30h

Acessar todos os Boletins Epidemiológicos do Covic-19

COVID-19 

A Covid-19 é a maior pandemia da história recente da humanidade causada pelo novo coronavírus (SARSCoV-2), que causa infecção respiratória aguda potencialmente grave.
Em janeiro de 2021 a ANVISA aprovou para uso emergencial as vacinas CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan com o laboratório Chinês Sinovac, e AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford com a Fiocruz. Com isso, iniciou-se a distribuição dessas vacinas, do Ministério da Saúde para as Secretarias Estaduais de Saúde, e estas para as Secretárias Municipais de Saúde, que são responsáveis pela organização e operacionalização da campanha de vacinação de acordo com suas realidades,especificidades e particularidades, respeitando as orientações e recomendações do Plano Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19.
Dianópolis está seguindo as estratégias contidas no Plano Nacional e Estadual de Vacinação. O Programa Nacional de Imunização-PNI optou-se pela seguinte ordem de priorização: preservação do funcionamento dos serviços de saúde, proteção dos indivíduos com maior risco de desenvolvimento de formas graves e óbitos, seguido da preservação do funcionamento dos serviços essenciais e proteção dos indivíduos com maior risco de infecção. Desta forma, foram elencadas pelo PNI/SVS/MS as seguintes populações como grupos prioritários para vacinação: trabalhadores da área da saúde (incluindo profissionais da saúde, profissionais de apoio, cuidadores de idosos, entre outros), pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, população idosa (60 anos ou mais), indígena aldeado em terras demarcadas aldeados, comunidades tradicionais quilombolas e ribeirinhas, população em situação de rua, morbidades (Diabetes mellitus; hipertensão arterial grave (difícil controle ou com lesão de órgão alvo); doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cérebro- vasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; obesidade grau III), trabalhadores da educação, pessoas com deficiência permanente severa, membros das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, transportadores rodoviários de carga e a população privada de liberdade.

Downloads
Documentos relacionados a COVID Ação
Aviso de Cancelamento 001-2021 Download
Decreto 022-2021 Download
Decreto 005-2020 Download
Decreto 007-2020 Download
Decreto 008-2020 Download
Decreto 010-2020 Download
Decreto 012-2020 Download
Decreto 013-2020 Download
Decreto 016-2020 Download
Decreto 019-2020 Download
Decreto 020-2020 Download
Decreto 022-2020 Download

O Portal da Prefeitura de Tupiratins utiliza cookies para melhorar a sua experiência.
De acordo com a nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Continuar
Precisa de ajuda?